MÚSICAS QUE GOSTO DE OUVIR...


ClicKut.com.br

SER PROFESSOR É...

100 Formas de mostrar às crianças que você se importa

quarta-feira, 10 de junho de 2009

PLANO ANUAL DE MATEMÁTICA - 1ª. SÉRIE


OBJETIVO GERAL

Construir o significado de número natural por meio dos conhecimentos matemáticos em suas diferentes representações no contexto histórico, social e cultural como forma de compreender e transformar o mundo a sua volta e resolver situações-problema, sabendo validar estratégias e resultados, desenvolvendo formas de raciocínio e processos, bem como fazendo uso da linguagem oral e escrita e estabelecendo relações entre elas.

1°. BIMESTRE (FEVEREIRO / MARÇO / ABRIL)

Expectativas de Aprendizagem:

· Identificar e reconhecer as figuras planas e sólidos geométricos;

· Fazer comparações de grandezas;

· Comparar distâncias;

· Situar-se no espaço em relação aos outros e aos objetos que o cercam;

· Fazer agrupamentos que envolvam comparações, contagens, medidas e códigos numéricos;

· Interpretar e desenvolver noções de escritas numéricas, levantando hipóteses sobre elas com base na construção e observação de tabelas e conjuntos, utilizando-se da linguagem oral, de registros informais e da linguagem matemática.

Orientações Didáticas:

· Maior/Menor;

· Alto/Baixo;

· Comrpido/Curto;

· Grosso/Fino;

· Largo/Estreito;

· Lonfe/Perto;

· Na Frente de /Atrás de;

· Entre;

· Em Cima/Embaixo;

· Direita/Esquerda;

· Agrupamentos;

· Correspondências Bionívucas,

· Figuras Planas;

· Sólidos Geométricos;

· Tabelas;

· Revisão.

Intervenções Didáticas:

· Oferecer situações para que o aluno redescubra formas, relações e regras reforçando os conceitos com atividades concretas e siginificativas, tais como: sucatas, blocos lógicos, barbantes, materiais do universo escolar, figuras, desenhos, recortes e colagens e tabelas.

Habilidades e Competências:

· Desenvolver a percepção das diferenças, formas, vizinhanças, proximidades e senso numérico.

Avaliação:

· Refletir e perceber o espaço que ocupa em relação aos outros, aos objetos e situações que o cerca a partir das descrições orais, construções, representações e formas pessoais de registro para comuniciar informações coletadas.

2°. BIMESTRE (MAIO / JUNHO / JULHO)

Expectativas de Aprendizagem:

· Conhecer e compreender a origem dos números e relacionar sua invenção com as necessidades da civilização humana, bem como que os algarismos são símbolos criados pelo homem para representar quantidades;

· Reconhecer números em situações cotidianas;

· Realizar a contagem dos elementos de um grupo e representá-la simbolicamente (de 0 a 9);

· Ler, escrever, comparar e ordenar números de 0 a 9;

· Contar quantidades que lhes são apresentadas e representar essas quantidades com algarismos;

· Escrever, ler e usar adequadamente os numerais ordinais como indicadores de posição.

Orientações Didáticas:

· Como surgiram os números;

· Algarismos de 0 a 9;

· Comparar e identificar os numerais de 0 a 9 (<>/ = e ≠);

· Sequência Numérica (crescente e decrescente);

· Correspondência Numérica;

· Leitura e Escrita Numérica;

· Numerais Ordinais (do 1°. ao 9°.);

· Tabelas/Gráficos

· Revisão.

Intervenções Didáticas:

· Propiciar atividades em que haja contagem de rotina, como cantigas, jogos, entre outros para identificar o nível de conhecimento do aluno a partir do patamar em ele se encontra;

· Explorar a sequência numérica de material manipulado de contagem (palitos, tampinhas, grãos, etc..), as noções: muito; pouco; nenhum e um;

· Construir tabelas por meio de pesquisa em sala de aula, escola e família para desenvolver noção do acréscimo sucessivo de um elemento (comparação e quantidade).

Habilidades e Competências:

· Que o aluno seja capaz de observar, comparar e classificar a estrutura da idéia de número e à formação do conceito de medida por meio de registros de contagem, evidenciando assim, a importância da Matemática em vários momentos de nossa vida.

Avaliação:

· Estabelecer conexões entre os conhecimentos já cosntruídos em relação aos que precisa aprender.

3°. BIMESTRE (AGOSTO / SETEMBRO)

Expectativas de Aprendizagem:

· Analisar, interpretar e resolver situações-problema, compreendendo as idéias de juntar e acrescentar;

· Formular hipóteses sobre a escrita numérica pela identificação da posição ocupada pelos algarismos;

· Construir os fatos fundamentais da adição;

· Identificar regularidades na sequência numérica para nomear, ler, escrever, comparar e ordenar números naturais até 99;

· Reconhecer as características do sistema de numeração decimal como base e valor posicional;

· Efeturar adições por meio de estratégias pessoais e técnicas convencionais;

· Organizar os dados numéricos de uma pesquisa simples por meio de tabelas (gráficos);

· Interpretar tabelas e gráficos de colunas na resolução de situações-problema.

Orientações Didáticas:

· Fatos Fundamentais da Adição;

· Adição na linha numérica;

· Sistema de Numeração Decimal;

· Par e ímpar;

· Decomposição dos Números Deciamis;

· Adição com três parcelas;

· Sequência Numérica de 0 a 50;

· Números Vizinhos (antecessor e sucessor);

· Números ordianais (de 1°. ao 20°.);

· Leitura e Escrita Numérica de 0 a 50);

· Adição com Reagrupamento (de 2 em 2/ de 3 em 3/ de 4 em 4.... de 10 em 10);

· Idéias de Multiplicação;

· Resolução de Problemas envolvendo a adição e idéias de multiplicação;

· Tabelas/Gráficos;

· Revisão.

Intervenções Didáticas:

· Oferecer diversas situações-problema para que o aluno associe adição a situações de juntar e acrescentar, bem como relacionar às idéias de multiplicação por meio de registros como: desenhos representativos, figuras, descrita oral, materiais concretos e significativos como: palitos, material dourado, tampinhas, jogos, brincadeiras, etc..

Habilidades e Competências:

· Que o aluno seja capaz de refletir o próprio pensamento e comunicar uma idéia, uma descoberta, um fato, uma regra;

· Que por emio das soluções de situações-problema o aluno saiba interpretar, reproduzir, ampliar, planejar, esquematizar e formular situações e descrever procedimentos usuais no dia-a-dia.

Avaliação:

· Verificar se o aluno consegue escolher uma estratégia apropriada para resolver um problema e se interage com difierentes modelos matemáticos.

4°. BIMESTRE (OUTUBRO / NOVEMBRO / DEZEMBRO)

Expectativas de Aprendizagem:

· Analisar, interpretar e resolver situações-problema, compreendendo as idéias de tirar, comparar e completar;

· Construir os fatos fundamentais da subtração;

· Utilizar estratégias pessoais de cálculo mental;

· Efeturar subtrações por meio de estratégias pessoais e técnicas convencionais;

· Fazer estimativas para avaliar a adequação de um resultado;

· Efeturar a subtração sem ou com reagrupamento (minuendo e subtraendo menores que 100);

· Reconhecer e efetuar leitura de horas;

· Reconhecer diferentes instrumentos para medir (comprimento, massas e líquidos) e a importância de seus usos;

· Interpretar tabelas e gráficos para a resolução de situações-problema.

Orientações Didáticas:

· Fatos Fundamentais da Subtração;

· Subtração na linha numérica;

· Sistema de Numeração Decimal;

· Comparar e Oredendar números até 100;

· Leitura e Escrita Numérica de 0 a 100 fazendo uso também de símbolos;

· Medidas de tempo;

· Medidas de capacidade;

· Medidas de Comprimento;

· Medidas de Massa;

· Problemas envolvendo a sutração e a adição;

· Idéias de Divisão;

· Revisão.

Intervenções Didáticas:

· Oferecer diversas situações-problema para que o aluno associe a subtração a situações de tirar, comparar e completar, bem cmo relacinoar às idéias de divisão por meio de registros como: desenhos representativos, figuras, descrita oral, materiais concretos e significativos como: palitos, material dourado, tampinhas, jogos e brincadeiras, et..

Habilidades e Competências:

· Que o aluno seja capaz de aplicar cálculo mental recorrendo a outros procedimentos diferentes das técnicas operatórias por meio de registros e linguagem oral.

Avaliação:

· Verificar por meio dos conteúdos trabalhados intervenções pedagógicas e interações nas aulas se o aluno consegue organizar seu pensamento no desenvolvimento do raciocínio lógico através de situações-problemas aplicadas ao cotidiano.


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BIGODE, Antônio José Lopes; GIMENEZ, Joaquim. Matemática do Cotidiano e suas Conexões. 1ª. ed. São Paulo, FTD, 2005. v. 1.

BONJORNO, José Roberto; BONJORNO, Regina Azenha. Matemática Pode Contar Comigo. São Paulo, FTD, 2005. v. 1.

BRASIL. Parâmetros Curriculares de Matemática. Brasília, Ministério da Educação e da Cultura, 1997.

MIANI, Marcos. Matemática.1ª. ed. São Paulo, Do Brasil, 2005. v. 1.

REVISTA NOVA ESCOLA. São Paulo. Editora Abril.

SANCHEZ, Lucília et alii. Fazendo e Compreendendo Matemática. 4ª. ed. Reformulada. São Paulo. Saraiva, 2006. v. 1.

SOUZA, Andréia et alii. Matemática Primeiros Passos. 1ª. ed. Arujá. São Paulo, Giracor, 2008.

1 comentários:

Roberta Vasconcellos disse...

Simplesmente sensacional!!!
Adorei conhecer este blog!!!
Vou sempre passar por aqui!!!

Postar um comentário

Deixe seu comentário: